Pé na Tábua

Pé na Tábua
Cia. de Sapateado

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Cultura e Ocupação (por Vinícius Barros)

A cidade é um lugar que mistura diferentes desejos, ritmos e formas de apropriação do espaço. Quanto maior ela é, mais diversidade tem, causando uma sensação permanente de simultaneidade e até mesmo de anonimato perante o excesso de informações e acontecimentos. Principalmente em seus espaços centrais, e também nas zonas de confluência dos bairros mais afastados, as atividades econômicas se misturam com os mais variados rituais do cotidiano numa dinâmica que não cessa.

A partir de um rápido olhar pode-se perceber os diversos elementos que compõem a paisagem urbana, como o comércio, a propaganda, a religião, a vadiação, o fluxo e, como nos interessa principalmente, as atividades culturais, entendidas aqui como uma variedade de experiências e saberes estéticos e artísticos humanos. No meio de toda essa composição frenética, eis que surge a arte como um descanso para os olhos e os corações de quem se vê inteiramente submerso na experiência social.

O leitor mais cético ou distraído se perguntará onde é que se encontra a dita arte nesse emaranhado de automóveis, prédios, gente e detritos, mas não sem motivo, já que a escassez ainda é uma realidade para nós em Ribeirão Preto e outras cidades da região. Nosso centro ainda é dominado pelo fluxo desorganizado dos veículos, pelas construções deterioradas, pelos panfletos e pelas pessoas apressadas focadas principalmente no trabalho e no consumo. Normalmente não se absorve muita arte no dia-a-dia.

A atual realidade, no entanto, parece estar sendo alterada pela ação organizada de grupos culturais e correntes artísticas cada vez mais consolidadas na cidade. Seja a partir de seus próprios recursos ou de recursos adquiridos por editais e leis de incentivo movidos por políticas públicas de cultura, pode-se perceber uma série de movimentos pela arte no centro e em outros lugares, como praças, parques, ruas e centros comunitários. Geralmente são apresentações e intervenções com o sentido de ocupar de maneira diferente os espaços urbanos e provocar novos sentimentos nas pessoas para com o meio.

Um exemplo salutar que vem ocorrendo desde o mês de julho em Ribeirão é o projeto “Revirarua - reconhecendo o centro da cidade”, uma realização do Grupo Teatral Engasga Gato que tem recursos de leis de incentivo e parcerias com diversos outros grupos culturais da cidade. Sua proposta é exatamente a de ocupar os espaços públicos e os patrimônios históricos da zona central com teatro, música, cultura popular, malabarismo, circo e oficinas de formação em diversas áreas artísticas. Toda a sua programação é gratuita e um dos principais palcos deste projeto é a Praça XV, no coração da cidade.

Assim como o “Engasga”, outros grupos locais também vem se esforçando para ocupar as ruas com cultura e arte. Todos eles tem em suas ações não apenas a vontade de divulgar seus trabalhos, mas também, e principalmente, a intenção de ressignificar os espaços públicos fazendo com que eles cumpram o seu papel de convívio e aprendizado coletivo. Além disso, também procura-se promover um sentimento de que todo cidadão é um artista em potencial, por isso são sempre realizadas oficinas para difundir os saberes.

Democratizar o acesso à cultura tirando-a dos espaços privados e, consequentemente, segregados, é possibilitar um novo olhar, tanto para as artes quanto para a própria cidade, ampliando o sentimento de pertencimento. Este é um proveitoso caminho para gerar um maior cuidado do cidadão com a sua cidade, é o exercício da cidadania. Porém, ainda é necessário ampliar a frequência e a intensidade das ações culturais urbanas, somente assim haverá o devido reconhecimento de sua importância fundamental para a vida em sociedade.


Cia. Pé na Tábua - URBANO - Sapateado na Rua - na Praça XV, em Ribeirão Preto.

ENGASGA GATO ABRE OFICINA GRATUITA DE SAPATEADO


ENGASGA GATO ABRE OFICINA GRATUITA DE SAPATEADO

O grupo teatral Engasga Gato abre mais uma oficina gratuita e permanente. A nova oficina do grupo será de sapateado, ministrada pela bailarina e professora Renata Defina. As aulas começam a partir do dia 19 de outubro, sempre as sextas-feiras, às 14h, no Telhado do Engasga.

O grupo teatral Engasga Gato oferece outras oficinas gratuitas e fixas como treinamento técnico para atores e bailarinos, oficina de capoeira e aulas de yoga. Todas as oficinas acontecem no telhado do engasga, no último andar do edifício Diederichsen, no centro da cidade.

SERVIÇO
OFICINA DE SAPATEADO
Toda sexta-feira, às 14h
Professora| Renata Defina

Não é necessário fazer inscrição. Todas as oficinas são gratuitas
Mais informações:
www.grupoengasgagato.wordpress.com
Telefone (16) 3043-8450

TELHADO CULTURAL ENGASGA GATO – Rua Álvares Cabral, 469, 6º andar (último andar do Edifício Diederichsen) – Centro / Ribeirão Preto – SP

domingo, 14 de outubro de 2012

Essa terça-feira, dia 16 de outubro às 17h tem URBANO na Praça XV


Essa terça feira tem URBANO - Sapateado na Rua - na Praça XV em Ribeirão Preto, às 17h, pelo Projeto REVIRARUA - Reconhecendo o Centro da Cidade, do Grupo Teatral Engasgagato.

domingo, 16 de setembro de 2012

URBANO - Sapateado na Rua


Cia. Pé na Tábua apresenta “Urbano- Sapateado na Rua”
Projeto realizado com apoio da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Secretaria Municipal da Cultura – Programa de Incentivo Cultural 2012.

Sobre o espetáculo...

“O Espetáculo “Urbano - Sapateado na Rua” retrata o sapateado brasileiro aliado às danças urbanas (ou street dances)”, com um cenário inteiramente percussivo e performances audiovisuais, no intuito de mostrar a dinâmica relação entre os cidadãos e o cenário característico das cidades modernas, bem como sua participação na construção das identidades urbanas.
A principal característica da Cia. está na criação de coreografias concebidas com inúmeros materiais que estabeleçam sons não-convencionais. Tablados de sucata formam diferentes timbres para os pés percutirem, as mãos também brincam percutindo o próprio corpo e surgem desafios entre os sapateadores, interessados em dinamizar, jogando pausas e acentos na música construída com o próprio corpo... Aumentam a velocidade de batidas e acabam brincando também com o estilo corporal de cada um.
A técnica usada nos pés vem do sapateado americano, mas os ritmos são brasileiros e a movimentação é inspirada nas danças com raízes populares.
Neste espetáculo, o estilo de “street dance” mais conectado ao sapateado é o “Locking” (este estilo é considerado a “dança clássica” entre as Danças Urbanas). O estilo musical que acompanha esta dança é o estilo “Funk”. Daí fica mais fácil entender porque o sapateado se une ao Locking de uma maneira tão espontânea, natural e rítmica. Muitos sapateadores imitavam as danças nas pistas da era “James Brown”, colocando passos percussivos junto ao movimento corporal.
A performance audiovisual se baseia na edição, manipulação e execução ao vivo de imagens e sons de cidades, tendo como produto final um produto audiovisual. Para a realização da performance, serão captados imagens e sons de paisagens características do mundo urbano moderno. Esses locais serão retratados por um olhar minimalista, atento aos fragmentos estéticos que são pouco vistos no dia-a-dia, destacando os espaços não valorizados, mas que são importantes para a identidade cultural da cidade. Os contatos e atividades sociais entre os habitantes, assim como a relação cidadão-cidade, se dão em espaços públicos como ruas, praças, parques, esplanadas, calçadões e calçadas. Cada pessoa é importante para significar esses espaços e torná-los vivos.

A criação e composição coreográfica foi realizada pelo elenco: 7 sapateadores e um músico percussionista e ator. O elenco possui formação técnica em dança com habilitação em: ballet clássico, jazz, sapateado, contemporâneo e dança de rua. Todos possuem DRT de dançarino profissional – carteira permanente conferida pelo Sind-Dança.


FICHA TÉCNICA
Sapateadores: Francine Lamas, Gisele Silva, Laura Costacurta, Raquel Martins, Renata Defina, Tadeu Santos e Ticiana Junqueira
Músico e Ator: Lucas Santarosa
Coreógrafos: Cia. Pé na Tábua, Leonardo Sandoval e Leonardo Dias
Criação Audiovisual: Gabriel Mendeleh
Estilismo: Maro Bosi
Designer Gráfico: Tatiana Barros
Registro e Cobertura (fotos, vídeos, teaser): Coletivo Fuligem de Comunicação e Arte
Direção Artística: Renata Defina
Produção Executiva: Coletivo Fuligem de Comunicação e Arte

Em Ribeirão Preto (SP):
Todos os SÁBADOS do mês de OUTUBRO
às 19:00h - Entrada Franca

06/10 - Parque Tom Jobim
13/10 - Parque Ecológico Maurílio Biagi
20/10 - Parque Municipal Dr. Luis Carlos Raya
27/10 - Parque Pref. Dr. Luiz Roberto Jábali – Curupira


TUDO É SOM NO SESI RIBEIRÃO dia 16 de setembro


16 DE SETEMBRO ÀS 19H


Depois de circular no SESI Franca em agosto, o espetáculo TUDO é SOM chega ao SESI Ribeirão Preto, com entrada franca. Retirada de ingressos à partir das 18h no teatro. Início do espetáculo: às 19h.

TUDO é SOM
Espetáculo de sapateado americano com fusões rítmicas brasileiras (baião, samba-funk, maracatu, côco), música ao vivo e materiais cênicos curiosamente sonoros, como sacolas de plástico. Além de temas de composição própria, o espetáculo mostra temas de artistas conhecidos, como Lenine, Luiz Melodia, e Tribalistas.


Informações

SESI - ARTES CÊNICAS - PROJETOS LOCAIS
ENTRADA GRATUITA
Duração: 40 minutos
TEMA: Releitura do sapateado americano em fusões rítmicas brasileiras
GÊNERO: Sapateado
SESI RIBEIRÃO PRETO



Ficha Técnica
Direção Artística: Renata Defina
Sapateadores (elenco): Francine Lamas, Gisele Silva, Laura Costacurta, Raquel Martins, Renata Defina e Ticiana Junqueira.
Técnico de Som: Leser Mc
Desenhos de Luz: Tadeu Santos
Edição de Áudio: Paulo Prado e RPM/W Audio Studio
Figurinos: Ateliê Sonia Roveri
Músicos: Rafael dos Anjos e Denis Corbi
Produção Executiva: Coletivo Fuligem de Comunicação e Arte

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Curso de Sapateado com LEONARDO DIAS (de Porto Alegre / RS): 8 e 9 de setembro


Leo Dias - diretamente de Porto Alegre e do mundo!!!!

Sábado (08/09/12) - 14h às 15:30h no Espaço Dânia Amaral
Domingo (09/09/12) - 11h às 12:30h no Studio Luciana Junqueira - sede Barão do Amazonas

R$ 40,00 (uma aula) / R$ 70,00 (duas aulas)

Jam Session - Que Pé Que Tá na Oficina de Artes (Rua Garibaldi, 1500) - Sábado, dia 09 de setembro, às 21:00h, Entrada Franca.





segunda-feira, 11 de junho de 2012

Leo Sandoval em Ribeirão



A Cia. Pé na Tábua tem a horna de trazer Leonardo Sandoval pra Ribeirão!!!

Cronograma - Curso Inter/Avançado (30 VAGAS)

Dia 16 de junho (sábado) - 14 às 15:30h (no Espaço Dânia Amaral)

Dia 17 de junho (domingo) - 10 às 11:30h (no Studio de Dança Luciana Junqueira - Sede Barão do Amazonas)

Preço: Uma aula R$ 40,00 / Duas aulas: R$ 70,00

Faça sua reserva pelo email: cia.penatabua@gmail.com
- Indique quantas aulas pretende, nome completo e telefone.
- Pagamento diretamente com um dos integrantes da Cia. Pé na Tábua.

segunda-feira, 30 de abril de 2012

"QuE pÉ qUe Tá?" Noite de Improviso (Jam Session)

Dia 11 de maio, sexta-feira, às 20:30h na Oficina de Art (Rua Garibaldi, 1500)


SAPATEADORES de todos os níveis e MÚSICOS são bem vindos nessa roda! Traga sua lista de músicas preferidas (em cd, pen drive ou ipod) e PÉS À OBRA!!! Se você não é músico e muito menos sapateia à toa por aí... aprecie esse desafio rítmico! A ENTRADA é FRANCA!






FELIZ DIA DO SAPATEADO!

FELIZ DIA DO SAPATEADO!!!

A Cia. Pé na Tábua tem a honra de trazer o sapateador Samuel Faez pra comemorar com a gente em Ribeirão!!!

SAMUEL FAEZ dedicou grande parte de sua formação em dança ao estudo/aprimoramento do Sapateado Americano e Dança Contemporânea. Seu estilo “flash” de sapatear é resultado da fusão entre as duas linguagens e impressiona pela mobilidade corporal quase acrobática. Fundou a escola Banana Broadway onde ensina Sapateado Americano e Dança Irlandesa, foi Graduado Bacharel e Licenciado em Dança pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).
Fez parte de Cias como: “Outra Cia. de Dança”, “Domínio Publico” dirigido por Holly Cavrell, participando de importantes mostras de dança contemporânea. Atuando no espetáculo TATILIDADE, foi considerado o melhor bailarino do “festival curta dança” Sorocaba-SP e com o espetáculo viajou o Brasil pelo projeto Caravana FUNARTE.
Adquiriu o TCRG, exame para licença da Dança Irlandesa administrado pela “An Coimisiún Le Rincí Gaelacha”, Irlanda.
Atualmente, tem se dedicado à formação de bailarinos/sapateadores ministrando aulas e workshops para diferentes grupos pelo Brasil. Tem proposto também a fusão entre o sapateado e o circo com o espetáculo “vertigem”, com o qual participou de Virada cultural Paulista, Circuito cultural, alem de ter sido convidado a abrir diversos eventos.

Curso Inter/Avançado (30 VAGAS)
Dia 26 de maio (sábado) - 14 às 15:30h (no Espaço Dânia Amaral)
Dia 27 de maio (domingo) - 9 às 10:30h (no Studio de Dança Luciana Junqueira - Sede Barão do Amazonas)

Preço antecipado (até dia 20 de maio): Uma aula R$ 40,00 / Duas aulas: R$ 70,00
Preço (após 20 de maio): Uma aula R$ 50,00 / Duas aulas: R$ 80,00

Faça sua reserva pelo email: cia.penatabua@gmail.com
- Indique quantas aulas pretende, nome completo e telefone.
- Pagamento diretamente com um dos integrantes da Cia. Pé na Tábua.
* PARA GARANTIR SEU DESCONTO, efetue o pagamento até 20/05/12 ou sua vaga será automaticamente cancelada.

JAM SESSION
Sábado, dia 26/05, às 20:30h, na OFICINA DE ART (Rua Garibaldi, 1500)

segunda-feira, 5 de março de 2012

Mais improvisos

Esse final de semana a Pé na Tábua improvisou com a Banda Zero16 de São Carlos (SP), pelo Grito Rock 2012 e com a Banda Ribeirãopretana MPP - Música Popular Planetária, no Goa Lounge.

Play na Tábua!!!



quinta-feira, 1 de março de 2012

Cia. Pé na Tábua no Grito Rock 2012

A Cia. Pé na Tábua improvisa esse sábado, dia 03/03
às 16h com a Banda Dom Amaro (http://www.myspace.com/domamaro) e
às 19:30h com a Banda Zero 16 (http://navitrola.com.br/#!/zero16),
dentro da Programação do Grito Rock na Praça 7 de setembro, em Ribeirão Preto.

Confiram o que a Dom Amaro e a Pé na Tábua estão preparando para o festival:


O maior festival integrado da américa latina, realizado em 200 cidades em 2012, chega à Ribeirão Preto e Serrana. Confira a programação completa no facebook:
http://www.facebook.com/events/327408293972450/

Realização: Fora do Eixo, Coletivo Fuligem, Under Studi, Cecac.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

SAM VARELA em Ribeirão nos dias 10 e 11 de março! Imperdível!!!


Samanta Varela (São José dos Campos)
Diretora, Coreógrafa, Professora e Bailarina

Iniciou seus estudos em 1983, na Academia Valderez Zani (Santos). Ingressou na Academia Cristina Cará em 1990, onde cursou ballet clássico, jazz e sapateado. Em 1994, começou a ministrar aulas de sapateado. Em 1996, assumiu a direção do sapateado da Academia e desde então vem se especializando na arte de sapatear através de cursos com grandes mestres como: Jimmy Slide, Jason Samuel Smith, Diana Walker, Barbara Duffy, Michelle Dorrance, Dormisha, Cloe Arnold, Steve Zee, Steven Harper, Derek Grant entre outros.
Como Coreógrafa, vem se destacando nos últimos anos, obtendo premiações em grandes festivais do Brasil. Em Joinville seus trabalhos são premiados desde 2002, e neste mesmo festival, no ano de 2006, obteve a Indicação de Coreógrafa Revelação. No Festidança (São josé dos Campos) obteve o prêmio de Coreógrafa Destaque em 2005 e 2007.
Em 2008 participou do “Los Angeles Tap Festival” e Chicago Human Rhythm Project”, onde fez cursos e apresentações, com o Grupo Brazilian Roots.
Desde 2008, integra o Grupo de Sapateado "KS", dirigido por Kika Sampaio.
Em abril de 2011, organizou e realizou o “Encontro dos Ritmos”, encontro que aconteceu em São José dos Campos, que reuniu mais de 70 sapateadores, no qual, foram realizados workshops, Noite de Performances e o primeiro Cutting Contest (Competição de Improviso) realizado no Brasil.
Em agosto deste ano, organizou a Excursão Cultural para Chicago (EU), levando um grupo de 25 sapateadores para participarem do “Chicago Human Rhythm Project” o maior e mais antigo encontro de sapateadores do Mundo, no qual, os participantes apresentaram-se na noite de performances, workshops, masterclasses e assistiram a várias apresentações e eventos culturais.
Criou sua própria metodologia, elaborando material didático que é usado durante cursos ministrados anualmente para professores e aspirantes.

Cronograma - Curso Inter/Avançado

Dia 10 de março (sábado) - 14 às 15:30h (no Studio de Dança Luciana Junqueira)

Dia 11 de março (domingo) - 9 às 10:30h (no Espaço Dânia Amaral)

Preço antecipado (até dia 9 de março): Uma aula R$ 40,00 / Duas aulas: R$ 70,00

Preço no dia: Uma aula R$ 50,00 / Duas aulas: R$ 80,00

JAM SESSION a confirmar!

Faça sua reserva pelo email: cia.penatabua@gmail.com
- Indique quantas aulas pretende, nome completo e telefone.
- Pagamento diretamente com um dos integrantes da Cia. Pé na Tábua. Para garantir seu desconto, efetue o pagamento até 09/03/12.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

"Improviso, logo existo" (JAM SESSION de SAPATEADO)

Aconteceu no SESC Ribeirão Preto, uma grande FESTA do sapateado, que reuniu diversos sapateadores da cidade, alunos, professores, coreógrafos... sapateadores de todos os níveis e idades.

Ao som de FRED SUN WALK E CAMILA ZAMBIANCHI, os sapateadores se desafiaram e se divertiram!

Dança e Música juntos mais uma vez!
Mais um grande sonho realizado pela Cia. Pé na Tábua!!!

Assistam e curtam o vídeo dessa festança: